O CANAL DE NOTÍCIAS DO PORTAL CATALÃO
www.catalaonoticias.com.br
categorias

  • 07 de Jan / 2021 - Brasil
    Soja: preços sobem e ritmo dos negócios avança no Brasil
    As cotações da soja foram impulsionadas pela valorização na Bolsa de Chicago e ainda pela alta do dólar.
    Os preços da soja mantiveram a trajetória de alta nesta quarta-feira, 6, no Brasil. A valorização da oleaginosa na Bolsa de Chicago, rumo aos US$ 14 o bushel, e o dólar acima de R$ 5,30 garantiram sustentação às cotações no Brasil. Com os avanços nos valores o ritmo de negócios melhorou, com reporte de pelo menos 60 mil toneladas movimentadas no dia.


    Foto: Reprodução Canal Rural

    Em Passo Fundo (RS), a saca de 60 quilos subiu de R$ 155 para R$ 162 a saca. Na região das Missões, a cotação avançou de R$ 154 para R$ 159 a saca. No porto de Rio Grande, o preço passou de R$ 163 para R$ 165.

    Em Cascavel, no Paraná, o preço avançou de R$ 158 para R$ 160 a saca. No porto de Paranaguá (PR), a saca subiu de R$ 162 para R$ 164 a saca.

    Em Rondonópolis (MT), a saca se manteve em R$ 153 a saca. Em Dourados (MS), a cotação subiu de R$ 152 para R$ 153 a saca. Em Rio Verde (GO), a saca avançou de R$ 156 para R$ 157,50 a saca.

    Chicago
    Os contratos futuros da soja negociados na Bolsa de Mercadorias de Chicago (CBOT) fecharam a quarta com preços em alta. As preocupações com o clima na América do Sul seguem sustentando as cotações, que operam nos melhores níveis em mais de seis anos e meio.

    A falta de chuvas deve atrasar o início da colheita no Brasil e pode comprometer o potencial produtivo a nível interno e também na Argentina. O anúncio de uma greve de 72 horas do setor produtivo argentino em protesto à proibição às exportações de milho também contribuiu para a elevação.

    A forte demanda pela soja americana e o sentimento de que a procura permanecerá aquecida por mais um tempo completou o cenário positivo

    Os contratos da soja em grão com entrega em março fecharam com alta de 14,50 centavos de dólar por libra-peso ou 1,07% a US$ 13,61 por bushel. A posição maio teve cotação de US$ 13,60 por bushel, com ganho de 14 centavos ou 1,03%.

    Nos subprodutos, a posição março do farelo subiu US$ 6,50 ou 1,5% a US$
    438,30 por tonelada. No óleo, os contratos com vencimento em março fecharam a 43,84 centavos de dólar, alta de 0,24 centavo ou 0,55%.

    Câmbio
    O dólar comercial encerrou a sessão em alta de 0,77%, sendo negociado a R$ 5,3050 para venda e a R$ 5,3030 para compra. Durante o dia, a moeda norte-americana oscilou entre a mínima de R$ 5,2330 e a máxima de R$ 5,3600.


    Fonte: Canal Rural
     

    0
    Comentarios
PORTAL CATALÃO INTERNET SERVICE LTDA
Rua José Saturnino de Castro, 30, Centro - Catalão - GO
(64) 3411-0748
e-mails
SUBIR PÁGINA