Caiado confirma viagem a Israel e define ação do Hamas como "barbárie"

Para o chefe do Executivo goiano, o governo de Israel ficou “sensibilizado” com o fato de Goiás ter sido o primeiro Estado no mundo, segundo Caiado, a fazer um memorial às vítimas do ataque de 7 de outubro, com o plantio de 1,2 mil árvores.

Postado em 12/03/2024
Caiado confirma viagem a Israel e define ação do Hamas como "barbárie"
Reprodução A Redação
Avatar
Por GabrielleEditora chefe e Jornalista

O governador de Goiás, Ronaldo Caiado, confirmou nesta terça-feira (12/3) que aceitou o convite do governo de Israel para visitar o país na próxima semana. Ele será acompanhado pelo governador de São Paulo, Tarcísio de Freitas. A viagem, no entanto, ainda não tem data definida. 

Para o chefe do Executivo goiano, o governo de Israel ficou “sensibilizado” com o fato de Goiás ter sido o primeiro Estado no mundo, segundo Caiado, a fazer um memorial às vítimas do ataque de 7 de outubro, com o plantio de 1,2 mil árvores. Essa, na visão do governador goiano, seria a motivação do convite. 

“Fui convidado como governador do Estado e estamos indo com outros representantes e lideranças de outras áreas para que possamos visitar a área invadida pelo grupo terrorista do Hamas, que praticou aquela barbárie”, disse Caiado. O Parque Am Israel Chai (O povo de Israel vive) foi inaugurado pelo Estado em Goiânia no dia 28 de fevereiro. 

 

informações A Redação